avesdeportugal.info
© avesdeportugal.info - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por CiberAjuda.com
Petinha-marítima
Anthus petrosus
Identificação
Bastante parecida com a petinha-ribeirinha, da qual é de difícil separação, apresentando, tal como esta
espécie, as patas escuras. A primeira pista virá do habitat, sendo que esta espécie ocupa habitats muito
mais costeiros do que a ribeirinha, sendo frequentemente observada em rochas junto ao mar ou esporões,
assim como outros habitat entre-marés como sapais (onde pode coexistir com a petinha-ribeirinha). As
principais características que as distinguem são os tons mais esverdeados, bico mais comprido e
pontiagudo e, especialmente, o riscado mais grosseiro nas partes inferiores, em particular nos flancos.
Situação em Portugal:
As observações desta espécie encontram-se sujeitas a homologação pelo Comité Português de Raridades.

Até final de 2014 foram homologadas 19 observações (*):
  • 1992, 8-Nov, Ericeira, 5, R Matias (Anuário 4) - ver NOTA
  • 1996, 3-Nov, estuário do Minho, 3, C Pacheco, M Lecoq, J Ministro, R Lopes (Pardela 8)
  • 1996, 27-Nov, Sagres, 2, C Noivo, G Faria (Pardela 8)
  • 1998, 19-Jan, Moledo, Caminha, C Vidal (Pardela 11)
  • 1998, 16-Nov, Moledo, Caminha, C Vidal (Pardela 11)
  • 1998, 19-Dez, Porto de Sagres, 2, G Elias, F Walker (Pardela 11)
  • 2005, 18-Dez, Ericeira, CC Moore, P Holt (Anuário 5)
  • 2006, 30-Dez, Parede, CC Moore, P Holt (Anuário 6)
  • 2008, 10-Out, Peniche, P. Ramalho (Anuário 7)
  • 2008, 20-Dez, cabo Raso, A. Gonçalves (Anuário 7)
  • 2009, 14-Dez, cabo Raso, A. Gonçalves (Anuário 7)
  • 2010-11, 14-Dez a 31-Jan, estuário do Cávado, 1 ind., J. A. Silva (Anuários 8 e 9)
  • 2011, 6-Fev a 10-Fev, porto de Sagres, 2 inds., N. Fonseca, D. Cortes e outros (Anuário 9)
  • 2012,  3 a 12-Nov, Sagres, 1 ind., P. Alves, J. Safara, A. Leitão e outros (Anuário 10)
  • 2013, 19-Out a 27-Nov, Peniche, 2 inds., P. Ramalho, H. Cardoso (Anuário 11)
  • 2013, 29-Out, Ílhavo, praia da Barra, molhe Sul, 1 ind., P. Moreira, F. Morais (Anuário 11)
  • 2014, 3-Out, praia do Cabedelo junto à foz do Douro, Vila Nova de Gaia, 1 ind., A. Mota (Anuário 11)
  • 2014, 6-Out, marinha da Troncalhada, ria de Aveiro, 1 ind., P. Leite (Anuário 11)
  • 2014, 23-Out, estuário do Douro, 1 ind., F. Bernardo (Anuário 11)

Outras observações:
  • 1992, 14-Mai, Carvalhelhos, Boticas, L Reino, R Rufino, R Neves (Airo 4-2)
  • 1988, 18-Dez, praia da Luz-Lagos, 1 ind., por S. Tonge
  • 1994, 6-Mar, Molhe da Barra, Aveiro, L Gordinho, P Marques, A Luís (Airo 6-1,2)
  • 2010, 17-Jan, Ericeira-Mafra, 1 ind., por F. Canário
  • 2011, 14-Jan, porto de Sagres, por M. Mendes
  • 2012, 27-Jan, foz do Cávado, 1 ind., por J. Silva
  • 2012, 20-Out, Berlenga, 1 ind., por M. Robb e L. Gordinho
  • 2013, 14-Jan, foz do Cávado, 1 ind., por J. Silva
  • 2013/2014, 14-Out a 1-Mar, porto de Peniche, 1 ind, por T. Valkenburg e F. Azevedo
  • 2013, 26-Nov a 16-Dez, foz do Cávado, 1 ind., por J. Silva
  • 2013, 14-Dez, Sagres, 1 ind., 14-Dez, por N. Barros
  • 2014, 23 a 30-Nov, porto da Baleeira-Sagres, 1 ind, por A. Leitão, P. Alves e outros
  • 2015, 15 a 26-Jan, foz da ribeira de Oeiras, um ind., por J. Frade
  • 2015, 26 a 29-Out, porto da Baleeira-Sagres, 3 ind., por M. Davis
  • 2015, 15-Nov, foz do rio Lis, 1 ind., por A. Sousa
  • 2016, 01-Fev, ribeira de Aljezur-Aljezur, 1 ind., por P. Ramalho, T. Valkenburg, N. Barros e outros
  • 2016, 06-Mar, estuário do Douro, 1 ind., por F. Bernardo
  • 2016, 22-Out, cais da Cambeia-Murtosa,1 ind., por M. Xestoso
  • 2016, 10 a 26-Nov, porto da Baleeira-Sagres, 2 inds., por J. Safara, A. Leitão, e outros
  • 2017, 15-Jan, ria de Alvor, 1 ind., por T. Guerreiro
  • 2017, 25-Fev, Moinho da Asneira, V. N. Mil Fontes, 1 ind. anilhado, por R. Jorge
  • 2017, 31-Dez, foz do Rio Alcoa-Nazaré, 1 ind., por J. Tomás
  • 2018, 11 a 14-Jan, molhes da Figueira da Foz, 1 ind., por L. Silva e P. Lopes
  • 2018, 21-Abr, Foz do Rio Sizandro, 1ind., por A. Gonçalves e P. Marques
  • 2018,  31-Out, porto da Baleeira, Sagres, 1 ind., por J. Tavares
  • 2018, 20 a 23-Dez, Estuário do Lima, 1 ind., por A. Cardoso
  • 2019, 11-Out, Aveiro, Salina da Troncalhada, 2 inds., V. Valadares et al.
  • 2019, 23-Out, Vila do Bispo, Porto da Baleeira, 1 ind., por T. Carvalho
  • 2019, 03-Nov, Vila do Conde, esporão Sul da Foz do Ave, 1 ad., por P. Martins, P. Andrade
  • 2019, 08-Nov, Vila do Conde, estuário do Ave, 2 inds., por H. Vieira
  • 2019, 16-Dez, Vila Real de Santo António, Foz do Guadiana, 1 ind., por R. Bagarrão
  • 2020, 29-Fev, Forte de S. João, Vila do Conde, 1 ind., por J. Lima

(*) - No Anuário 8 é referido que o número total de registos é de 11, no que se supõe ser um erro de
contagem, pois o total não parece ter sido correctamente actualizado no relatório do Anuário 6.
Fatbirder's Top 1000 Birding Websites
Discreta, esquiva e nem sempre fácil de identificar, a petinha-marítima é considerada formalmente uma
raridade, mas a ocorrência desta espécie oriunda da Europa setentrional poderá ser regular nalguns locais
da costa portuguesa.