avesdeportugal.info
© avesdeportugal.info - Todos os direitos reservados.
Ferreirinha-alpina
Prunella collaris
Onde observar

A ferreirinha-alpina aparece quase sempre em zonas rochosas, tanto ao nível
do mar como em altitude. Nos seus locais habituais de ocorrência, a espécie
parece ser surpreendentemente regular e fácil de encontrar.

Entre Douro e Minho poderá ocorrer regularmente na serra da
Peneda.

Trás-os-Montes – invernante escassa, tem sido registada nas zonas
mais altas da serra do Gerês.

Beira interior a serra da Estrela (junto à Torre e no Cântaro Magro) e
as Portas de Ródão são os locais onde a presença desta ave parece ser
regular. Também existem observações junto à barragem de Santa Luzia.

Lisboa e Vale do Tejoa ferreirinha-alpina pode ser vista no cabo da
Roca, na serra de Sintra (castelo da Peninha, palácio da Pena e castelo
dos Mouros) e no cabo Espichel; também existem referências à sua
ocorrência na serra da Arrábida e na serra de Montejunto.

Alentejo o castelo de Marvão é o único local do Alentejo onde a
ferreirinha-alpina pode ser vista regularmente; conhecem-se observações
isoladas no cabo Sardão.

Algarve a espécie pode ser vista com facilidade junto ao farol do Cabo
de São Vicente. Surge também na Rocha da Pena.
A rara ferreirinha-alpina é uma ave discreta, mas simultaneamente é uma das
espécies mais confiantes da avifauna portuguesa.
Fatbirder's Top 1000 Birding Websites
Identificação
Apesar do seu aspecto relativamente “cinzentão”, a ferreirinha-alpina não é uma
ave difícil de identificar. É bastante maior que a sua congénere ferreirinha-comum,
tem um bico fino com a base amarela e apresenta os flancos riscados a cor-de-
laranja.

Abundância e calendário
Esta espécie é rara em Portugal, aparecendo no país apenas como invernante.
Contudo, apresenta uma grande fidelidade aos locais de invernada o que, aliado à
sua invulgar confiança, torna este passeriforme bastante fácil de observar. Na
maioria dos locais onde ocorre podem ser observados pequenos bandos, que
chegam a reunir uma dúzia de indivíduos.
Está geralmente presente no nosso país desde Outubro até finais de Março.
.
Clique na seta para ouvir as vocalizações da ferreirinha-alpina!
Estatuto de conservação em Portugal:

Quase ameaçada