avesdeportugal.info
© avesdeportugal.info - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por CiberAjuda.com
Parque do Tejo
O  Parque do Tejo é um espaço de recreio e lazer situado ao longo do
Rio Tejo junto à Ponte Vasco da Gama, entre o Parque das Nações e
a foz do Rio Trancão. Construído no final da década de 1990, por
ocasião da EXPO'98, é hoje um espaço muito procurado,
especialmente ao fim-de-semana. Devido à sua localização ribeirinha,
é bastante apropriado para observar aves, sendo actualmente o local
mais perto de Lisboa para encontrar algumas aves aquáticas, como
limícolas, corvos-marinhos, garças e até flamingos. É um dos
melhores sítios para observar aves junto a Lisboa.
Visita:
Junto aos pilares da Ponte Vasco da Gama há algumas zonas ajardinadas onde é possível observar de
muito perto diversas espécies de passeriformes, tais como a
alvéola-branca, o melro-preto ou o pintassilgo.
Durante as passagens migratórias já aqui foram observadas a
alvéola-amarela e o papa-moscas-preto. A
ETAR anexa costuma ter
guincho-comum e garça-boieira. Os dois pilares principais da ponte servem
frequentemente de pouso ao
peneireiro-vulgar e, de Setembro a Abril, ao falcão-peregrino (que pousa
regularmente na barra transversal que existe perto do topo do segundo pilar). Por vezes este falcão pode
também ser visto a voar sobre as zonas ajardinadas, por vezes envolvendo-se mesmo com os peneireiros!

A
margem do rio Tejo pode ser percorrida usando o passadiço de madeira, que permite excelentes vistas
sobre os lodos da margem do rio. Este local é mais interessante durante a maré baixa, em que as aves se
alimentam nas zonas emersas, sendo um bom local para observar o
corvo-marinho-de-faces-brancas (que
frequentemente pousa nos pilares da ponte),
garça-real, garça-branca-pequena, flamingo e,
ocasionalmente,
colhereiro. Também aqui ocorrem diversas espécies de limícolas, incluindo alfaiate,
maçarico-das-rochas, maçarico-de-bico-direito e tarambola-cinzenta
Do lado esquerdo pode observar-se a fuinha-dos-juncos.
A Foz do Trancão, situada cerca de 1 km a norte da ponte, costuma ser um bom local de observação de
limícolas, incluindo
alfaiate, perna-vermelha-comum, borrelho-grande-de-coleira,
borrelho-de-coleira-interrompida, tarambola-cinzenta, pilrito-comum, maçarico-de-bico-direito, rola-do-mar e,
mais raramente,
ostraceiro. Também é frequente encontrar aqui bandos de marrequinhas. Ao longe, para os
lados de Alverca, é frequente verem-se bandos de
flamingos., embora por vezes estas aves apareçam a sul
do Trancão ou mesmo junto à ponte. Durante a Primavera, já aqui foram observados a
garça-vermelha e o
pernilongo.
Melhor época: Setembro a Março

Distrito: Lisboa
Concelhos: Lisboa e Loures
Onde fica: O Parque do Tejo fica no extremo nordeste da cidade de Lisboa, junto aos pilares principais da
Ponte Vasco da Gama. A partir da Estação do Oriente, basta seguir para norte ao longo da urbanização da
“Parque Expo” pela Avenida Dom João II até à rotunda situada perto do stand "Expo For", virando-se à direita
nesse local em direcção ao rio, junto ao “Passeio do Tejo”. A partir daqui, a visita prossegue a pé.

Aqui perto: estuário do Tejo, salinas de Alverca, Lisboa, costa do Estoril, cabo Raso
Fatbirder's Top 1000 Birding Websites