avesdeportugal.info
© avesdeportugal.info - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por CiberAjuda.com
Lagoa da Salgueirinha
Esta pequena lagoa, pouco conhecida dos ornitólogos nacionais,
apresenta-se como um pequeno refúgio de aves junto à auto-estrada. A
lagoa (que na verdade é um açude) encontra-se rodeada por bastante
vegetação emergente, nomeadamente caniços e tabuas, o que a torna
bastante atractiva para espécies palustre. O local é pouco visitado por
observadores de aves e encontra-se mal estudado, pelo que a
informação disponível é escassa e se encontra necessariamente
incompleta.
Visita:
O acesso ao paredão encontra-se vedado, mas é possível observar a lagoa a pequena distância. O melhor
ponto de observação situa-se do lado sul, junto à ETAR do Pinhal Novo. É recomendável dispor de um
telescópio, a fim de poder observar as margens distantes da lagoa. Entre as espécies aquáticas que
habitualmente ocorrem neste local são de referir o
mergulhão-pequeno, o pato-real e a galinha-d'água.
As manchas de caniço e tabua encontram-se bem desenvolvidas a toda a volta da lagoa e são frequentadas
pelo
rouxinol-pequeno-dos-caniços, que deverá nidificar, pelo rouxinol-bravo e pelo bico-de-lacre. - estas
espécies podem ser vistas a pequena distância com relativa facilidade.
Durante o Verao, as andorinhas e os andorinhões alimentam-se frequentemente sobre as águas da lagoa.
A ETAR propriamente dita não é frequentada por muitas aves, embora ocasionalmente se observe aqui o
maçarico-das-rochas e também a alvéola-branca e a alvéola-cinzenta.
Nos terrenos circundantes existem diversos postes de alta tensão onde nidificam
cegonhas-brancas. e
onde,  no Outono, se observam grandes bandos de
estorninhos-pretos. Outras espécies que frequentam
estes terrenos incluem o
peneireiro-vulgar, o peneireiro-cinzento, a cotovia-de-poupa, a fuinha-dos-juncos, a
gralha-preta, a pega-azul, o pintarroxo e o trigueirão.
Melhor época: informação não disponível

Distrito: Setúbal
Concelho: Palmela
Onde fica: cerca de 4 km a leste do Pinhal Novo; para quem vem de Lisboa ou Setúbal, deve tomar a A12 e
sair no nó do Pinhal Novo (km 9), seguindo até ao centro desta localidade evirando à esquerda juntoi à
estação de caminho-de-ferro; a partir daqui, devem seguir-se as indicações para Rio Frio; ao passar sobre a
auto-estrada, a lagoa aparece do lado esquerdo; cerca de 1 km mais adiante, é possível virar à esquerda
pela estrada de acesso à ETAR do Pinhal Novo - esta estrada termina junto à lagoa.

Aqui perto: sítio das Hortas, estuário do Sado, serra da Arrábida
A lagoa da Salgueirinha encontra-se rodeada por densas manchas de caniço e tabua que servem de refugio a diversas aves
Fatbirder's Top 1000 Birding Websites