avesdeportugal.info
© avesdeportugal.info - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por CiberAjuda.com
Serra da Estrela
A região mais alta de Portugal reúne diversos habitats
muito particulares e é um local ideal para encontrar
diversas espécies que são raras no resto do território.
Visita:
Existem 4 acessos principais à serra: por Seia, por Gouveia, por Manteigas e pela Covilhã.

O
planalto da Torre, que constitui a zona mais procurada pelos turistas, é pouco rica em aves, mas no Verão
é um bom local para observar a
laverca, a petinha-dos-campos, o chasco-cinzento e o pintarroxo. A zona é
igualmente frequentada pelo
tartaranhão-caçador. No Inverno ocorrem junto à Torre a ferreirinha-alpina e,
mais raramente, a
escrevedeira-das-neves.

O
Cântaro Magro, onde se situa a nascente do Rio Zêzere, é uma impressionante formação geológica que
na Primavera alberga o
melro-das-rochas e no Outono e no Inverno é um excelente local para
melro-de-peito-branco e a ferreirinha-alpina. Outras espécies fáceis de observar neste local são o
rabirruivo-preto e a andorinha-das-rochas. O melhor ponto de observação é o miradouro que se situa junto à
estrada, não muito longe da Torre.

A
Nave de Santo António é um planalto situado a 1550m de altitude coberto de herbáceas. É um dos
melhores locais da serra para procurar a
sombria, ocorrendo também a codorniz, a petinha-dos-campos e a
laverca. Para sueste, na encosta do Alto da Pedrice foi confirmada há uns anos a nidificação do
pisco-de-peito-azul.

Junto à estrada que liga Manteigas à Torre, e atravessado pelo Zêzere, o
Covão da Ametade é um local de
repouso onde é possível estacionar e dar um passeio a pé. É um excelente local para procurar alguns
passeriformes florestais, como o
rabirruivo-de-testa-branca, a felosa de Bonelli, a
estrelinha-de-cabeça-listada e o chapim-carvoeiro, bem como diversas espécies mais comuns. Mas a
especialidade deste local é o
melro-d'água, que frequentemente é visto ao longo do Rio Zêzere.
Mais abaixo, na vila de
Manteigas nidificam alguns casais de andorinhão-pálido, bem como a
andorinha-das-rochas.
Melhor época: Primavera

Distritos: Castelo Branco e Guarda
Concelhos: Covilhã, Gouveia, Manteigas e Seia
Onde fica: na Beira Alta, entre as cidades de Guarda, Covilhã e Viseu.


Caso pretenda conhecer outros locais para observar aves nesta região, sugerimos:
O covão da Ametade, atravessado pelo rio Zêzere, é um dos melhores locais do pais para ver o melro-d'água
O Cantaro Magro é uma impressionante formação geológica. Na Primavera vê-se aqui o melro-das-rochas
O planalto superior
da serra da Estrela
é um
Sítio Ramsar.

Para saber mais
clique
aqui.
Fatbirder's Top 1000 Birding Websites
Novidade!

Guia Prático de Observação
de Aves no Distrito da Guarda

obtenha gratuitamente aqui