avesdeportugal.info
© avesdeportugal.info - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por CiberAjuda.com
Alter do Chão
Situada no coração do distrito de Portalegre, a região de Alter do Chão
compreende uma diversidade de paisagens que inclui terrenos abertos,
montados de sobro e azinho e manchas de água. Aqui podem ser vistas
diversas espécies de aves interessantes, com destaque para a
abetarda.
Visita:
O concelho é atravessado por duas estradas nacionais: a N245 no sentido norte-sul a N369, no sentido
oeste-sueste, liga a Ponte de Sor e a Monforte. Contudo, a melhor forma de explorar a região é através da
rede de estradas municipais, menos movimentadas e menos perturbadas que as estradas nacionais.

O
ex-libris do concelho sao as aves estepárias. Estas podem ser observadas sobretudo para sudoeste da
vila. Para o efeito sugere-se um percurso triangular de 27 km através das estradas M538, M1075 e M1074
(percurso a verde no
mapa). O percurso começa em frente à estalagem "Varandas de Alter", tomando a
estrada M538 que segue para sudoeste em direcção a Figueira e Barros. Esta estrada atravessa uma zona
de pastagens que é frequentada por aves características de terrenos abertos. Este é um dos melhores
locais para observar a
abetarda., mas como em qualquer outro lugar a observação desta espécie exige
paciência e discrição. Outras espécies que aqui ocorrem incluem a
calhandra-real, o trigueirão e o corvo; no
Inverno, podem ainda ver-se o
milhafre-real, bem como bandos de abibes e tarambolas-douradas. Mais
para sul,a planície desarborizada dá lugar a uma zona de montados de sobro e azinho, que são
frequentados por passeriformes florestais, como a
trepadeira-comum e a trepadeira-azul. Tomando depois
a M1075 para a direita e finalmente a M1074 para norte, regressamos em direcção a Alter. Alguns
quilómetros à frente, surge do lado direita um caminho com a indicação "
Monte Barrão", que conduz a um
açude (visível da estrada). Este açude é frequentado por diversas especies de aves aquáticas,
destacando-se o
mergulhão-de-crista, a frisada e o pato-real, juntando-se-lhes, no Inverno, o
pato-trombeteiro e a marrequinha.

Para norte de Alter, a paisagem é dominada por olivais, azinhais e alguns eucaliptais, com afloramentos
rochosos. O melhor percurso ao longo da estrada M534 (a vermelho no
mapa) atravessa estes habitats e
leva-nos ate à ponte sobre a
ribeira de Seda, um local tranquilo que convida a uma paragem. Aqui
observam-se a
andorinha-das-rochas, o rouxinol-bravo e a garça-branca-pequena.
Melhor época: Inverno e Primavera

Distrito: Portalegre
Concelho: Alter do Chão
Onde fica: cerca de 30 km a sudoeste de Portalegre. As principais vias de acesso são a N245, que liga
Alpalhão e Crato a Fronteira e Estremoz, e a N369 que procede de Ponte de Sor e faz a ligação ao IP2 em
Monforte. O IC13, inaugurado em 2009 oferece uma ligação rápida a Portalegre.


Caso pretenda conhecer outros locais para observar aves nesta região, sugerimos:
Os terrenos abertos a sudoeste de Alter do Chão são um bom local para observar a abetarda e a calhandra-real
Junto ao Monte Barrão, existe um açude onde podem ser vistas diversas espécies de aves aquáticas, nomeadamente patos
Fatbirder's Top 1000 Birding Websites

Lista completa
das aves do
distrito de
Portalegre

Clique
aqui