avesdeportugal.info
© avesdeportugal.info - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por CiberAjuda.com
Lagoas de Bertiandos
(Paisagem Protegida das Lagoas de
Bertiandos e S. Pedro d'Arcos)
Numa das zonas de maior densidade de ocupação
humana do país, estas duas lagoas, rodeadas por um
denso bosque de folhosas, constituem um pequeno
oásis de vegetação natural. Graças à criação de uma
area protegida e à existência de varios percursos
assinalados, onde não existe tráfego automóvel, este é
um local aprazível onde é possível ver aves com
tranquilidade.
Visita:
A visita a esta área protegida é feita exclusivamente a pé. O local ideal para começar a visita é o centro de
interpretação
, onde existe um parque de estacionamento. A partir daqui, existem diversos percursos
assinalados, de extensão variável (o mais curto tem 1,6 km e o mais longo tem 12,5 km). Estes percursos
permitem percorrer trilhos que atravessam os habitats mais característicos desta area protegida - e, no caso
dos dois percursos mais longos, também das áreas circundantes.
A maior parte da área encontra-se coberta por bosque de folhosas, onde as espécies dominantes são o
carvalho-roble, o amieiro e o salgueiro-negro. Aqui é possivel encontrar diversas aves típicas de habitats
florestais. As mais abundantes, facilmente audíveis ao longo de todo o percurso, são a
carriça, o
pisco-de-peito-ruivo, o melro-preto, a toutinegra-de-barrete-preto, o chapim-carvoeiro, o chapim-real e o
tentilhão-comum. No entanto, há muitas outras espécies e que também podem ser detectadas com
regularidade. É o caso da
estrelinha-real, do chapim-rabilongo, da trepadeira-comum e do gaio. Devido às
características do habitat (bosque muito denso), todas estas espécies são mais facilmente ouvidas que
vistas e por isso é necessária alguma paciência para poder visualizar as aves.

Dois locais de paragem obrigatória para quem visita esta área protegida são as duas lagoas que lhe dão o
nome: a
lagoa de São Pedro e a lagoa do Mimoso. Ambas as lagoas são acessíveis através dos percursos
referidos e em ambas existem observatórios que permitem prospectar as lagoas sem causar demasiada
perturbação. Nestas lagoas podem ser vistas diversas espécies de aves aquáticas, nomeadamente o
pato-real, a garça-real, a galinha-d'água ou o mergulhão-pequeno, assim como alguns passeriformes que
apreciam a vegetação envolvente - como por exemplo a
felosa-poliglota ou a felosa-ibérica.

Nos terrenos adjacentes aos centro de interpretação ha alguns bosques de pinheiro-bravo e eucalipto, onde
e possível encontrar o
pombo-torcaz, o pica-pau-verde, o pica-pau-malhado e a tordoveia.
Melhor época: todo o ano

Distrito: Viana do Castelo
Concelho: Ponte de Lima
Onde fica: Na margem direita do rio Lima, cerca de 4 km a oeste de Ponte de Lima. O acesso é feito a partir
da Estrada Nacional 202, que liga Ponte de Lima a Viana do Castelo, ou a partir da auto-estrada A28 (neste
último caso a saída para as lagoas encontra-se assinalada).

Sítio Internet desta área protegida: http://www.lagoas.cm-pontedelima.pt/

Caso pretenda conhecer outros locais para observar aves nesta região, sugerimos:
...
Fatbirder's Top 1000 Birding Websites
As lagoas de
Bertiandos e São
Pedro d'Arcos são
um
Sítio Ramsar.

Para saber mais
clique
aqui.
O percurso atravessa um bosque de folhosas, onde abundam alguns passeriformes, como a carriça ou o pisco-de-peito-ruivo.
Junto à lagoa de Sao Pedro existem dois observatórios, a partir de onde é possível ver algumas espécies de aves aquáticas.

Lista completa
das aves do
distrito de
Viana do Castelo

Clique
aqui
Novidade!

Guia Prático de
Observação de Aves no
Distrito de Viana do Castelo

obtenha gratuitamente aqui