avesdeportugal.info
© avesdeportugal.info - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por CiberAjuda.com
Lagoa do Garrão
Escondida entre os pinhais, no limite ocidental do Parque Natural
da Ria Formosa, a lagoa do Garrão é uma pequena zona húmida
que sobreviveu, como que por milagre, à pressão urbanística das
zonas envolventes. Este é um local tranquilo, onde é possível ver
algumas aves interessantes.
Visita:
A partir do estacionamento abaixo referido, é necessário percorrer cerca de 300 metros a pé. Do lado
esquerdo fica uma zona de dunas, que separam a lagoa e o mar e onde é possível encontrar a
cotovia-de-poupa.

Do lado direito existe um vasto pinhal, onde as
pegas-azuis são geralmente abundantes. Por vezes ocorre
aqui o
pica-pau-verde e em Abril ouve-se por vezes o canto do torcicolo. Os pinhais são ainda frequentados
por
pintassilgos, chamarizes e verdilhões. Outras espécies que ocorrem no arvoredo são o pombo-torcaz, a
rola-brava, a poupa e o gaio e o chapim-de-poupa.

Finalmente surge a lagoa, escondida entre as matas. Este é um local tranquilo, por se situar a alguma
distância longe das estradas. Além disso, as aves aqui mostram-se particularmente confiantes. Deste
modo, reúnem-se as condições para que possam ser efectuadas excelentes observações. Destacam-se o
mergulhão-pequeno, a galinha-d'água, o galeirão-comum e alguns casais de frisadas. O rouxinol-bravo,
embora difícil de ver, faz ouvir incessantemente o seu canto. Por vezes são vistos pequenos bandos de
bicos-de-lacre. Na época de nidificação ocorrem habitualmente a garça-vermelha e o
rouxinol-pequeno-dos-caniços.

Note-se, contudo, que o nível de água na lagoa é muito variável e que esta pode secar totalmente durante o
Verão - quando o nível de água é muito baixo, muitas aves aquáticas abandonam o local.
Melhor época: todo o ano, devendo contudo evitar-se os fins-de-semana de Verão

Distrito: Faro
Concelho: Loulé
Onde fica: no extremo ociental da ria Formosa, perto da praia do Ancão. O acesso é feito a partir da
localidade de Almancil, seguindo as indicações para Vale de Lobo e depois tomando a estrada para a Praia
do Ancão. A lagoa situa-se num vale, à direita da estrada para o Ancão. No entanto, devido à existência de
uma estrada sentido único, é necessário percorrer a estrada até à praia, podendo estacionar-se do lado
poente da mesma (junto ao "Waves Bar"), seguindo então a pé até à lagoa.


Caso pretenda conhecer outros locais para observar aves nesta região, sugerimos:
Aspecto da parte central da Lagoa. Aqui é possível ver frisada, galeirão-comum e mergulhão-pequeno, entre outras espécies
Fatbirder's Top 1000 Birding Websites