avesdeportugal.info
© avesdeportugal.info - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por CiberAjuda.com
Serra da Gardunha
Erguendo-se a 1225 metros de altitude, a serra da
Gardunha é uma das elevações mais importantes da
Beira Baixa. Algumas espécies de aves características
de zonas serranas atingem aqui o limite sul da sua área
de distribuição em Portugal.
Visita:

O acesso de
Castelo Novo permite subir ao ponto mais alto da serra. Para o efeito deve sair-se da A23 no
nó de Castelo Novo e seguir as indicações que levam até esta localidade. Na aldeia propriamente dita há

rola-turca
, rabirruivo-preto e estorninho-preto. Vale igualmente a pena procurar o melro-azul na zona do
castelo. Na Primavera observam-se aqui bandos de
andorinhões-pretos e ouve-se  facilmente o canto do
papa-figos. Outras espécies facilmente observáveis na aldeia ou nas suas imediações são o abelharuco, a
poupa e a alvéola-branca.
Atravessando a aldeia e passando junto às instalações das "Águas do Alardo", é possível seguir por um
caminho sinuoso, que por entre penedos e giestas conduz até ao alto da serra. Ao longo da subida, alguns
pinheiros isolados, que escaparam aos incêndios, testemunham o coberto florestal que aqui existiu e são
aproveitados por aves como o
chapim-real ou a trepadeira-comum. No entanto, as encostas encontram-se
predominantemente despidas e assim as aves mais comuns são especies típicas de zonas de matos com
clareiras, como a
cotovia-arbórea, o cartaxo, a felosa-poliglota, a toutinegra-do-mato, o pintarroxo e a cia. O
canto do
rouxinol-comum pode ouvir-se com frequência durante a Primavera. No alto dos penedos
observa-se por vezes o
melro-azul.
Ao fim de 3 km surge uma bifurcação: em frente, para o topo da serra (os ultimos quilómetros são de
asfalto), para a direita, até à casa florestal de Castelo Novo - ambos os caminhos merecem uma
prospecção. Subindo pelo caminho da esquerda, atravessa-se uma zona de penedos onde ocorrem alguns
passeriformes característicos de zonas de altitude, como o
papa-amoras, a sombria e a cia. No alto da
serra
(onde existem diversas antenas de telecomunicações) existem relativamente poucas aves. Entre as
espécies que aqui costumam marcar presença são de referir o
cartaxo, o melro-azul e o corvo.

Saindo de Castelo Novo em direcção ao Fundão pela N18, chega-se à aldeia de
Alpedrinha. Aqui ocorre o
andorinhão-pálido (mais claro que o seu congénere andorinhão-preto, que ocorre em Castelo Novo). A
proximidade entre os locais de ocorrência das duas espécies oferece uma boa oportunidade de
comparação.

A partir de
Alcongosta é possivel explorar a vertente norte da serra. Para chegar a esta aldeia, seguem-se
as indicações a partir da N18 ou do Fundão. Ao chegar a aldeia, há que procurar os sinais que indicam
"Floresta" ou "Casa do Guarda". Segue-se então por uma estrada asfaltada que sobe por entre plantações
de diversas resinosas, entre as quais pinheiros-negros e pinheiros-de-casquinha. Uma paragem neste
local permitira ouvir diversas espécies florestais, como o
pombo-torcaz, o pisco-de-peito-ruivo, a
estrelinha-de-cabeça-listada, o chapim-de-poupa, o chapim-carvoeiro e o gaio. No Inverno já aqui têm sido
observados pequenos bandos de
lugres, alimentando-se nos pinheiros.
Prosseguindo por esta estrada, chega-se finalmente a "Casa do Guarda" - na Primavera, este é um bom
local para procurar o
papa-amoras. A partir daqui, um caminho de terra permite chegar às zonas mais
elevadas. Sugere-se uma subida até à zona das antenas (situada a cerca de 2 km) - aqui, a paisagem é
dominada por arbustos e rochedos, sendo um bom local para observar a sombria. Outras aves que aqui
ocorrem são a
cotovia-arbórea e a omnipresente cia.
Melhor época: Primavera

Distrito: Castelo Branco
Concelho:  Fundão
Onde fica: sensivelmente a meio caminho entre as cidades de Castelo Branco e Covilhã, imediatamente a
sul do Fundão. O acesso é feito pela auto-estrada A23, que liga Torres Novas à Guarda, saindo no nó do
Fundão ou no de Castelo Novo.


Caso pretenda conhecer outros locais para observar aves nesta região, sugerimos:
A parte superior da serra da Gardunha é formada por grandes blocos graníticos
A "floresta" existente na vertente norte é frequentada por chapins, trepadeiras, estrelinhas e às vezes lugres
Fatbirder's Top 1000 Birding Websites

Lista completa
das aves do
distrito de
Castelo Branco

Clique
aqui
Novidade!

Guia Prático de
Observação de Aves no
Distrito de Castelo Branco

obtenha gratuitamente aqui